Crédito: PRF/AL

Com o objetivo de chamar a atenção das autoridades sobre a municipalização da saúde indígena, índios de várias tribos fecharam, na manhã desta sexta (08), um trecho da rodovia BR-101.

De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal, a ação acontece próximo a ponte que faz a divisa entre Alagoas e Sergipe, em Porto Real do Colégio. Lá os índios chegaram a colocar fogo em pneus para impedir a passagem de veículos.

Cerca de 1.000 indígenas estão participando do protesto, que faz parte de uma mobilização nacional.

Segundo o índio Ricardo Campos, da tribo Tingui-Botó de Feira Grande o protesto não tem hora para acabar. “A intenção é chamar a atenção do governo federal para que ele desista de acabar com a Sesai e transferir a saúde indígena para as prefeituras”, ressaltou.

O trecho interditado é rota de transportes de cargas. Provavelmente haverá engarrafamento nos dois sentidos da rodovia.

Crédito: PRF/AL

com AQUI ACONTECE