Família é humilde e sua residência se cair levará consigo outras residências próximas

Vereador Alfredo Moura (Crédito: Assessoria)

VAI MORRER GENTE! Assim alertou o vereador Alfredo Moura no uso de sua fala na Sessão Plenária da Câmara Municipal na noite da última quinta-feira, 5, ao relatar a situação lastimável que vive uma família com oito pessoas, incluindo várias crianças que residem em uma casa de taipa na Rua Manoel Pascoal, bairro Paraíso.

O vereador teria visitado a residência da família e constatado os riscos em relação as más condições dessa casa de taipa. A família teria explicado ao legislador que por várias vezes procuraram a prefeitura para que uma solução fosse providenciada e até o momento não teriam recebido nenhum auxílio por parte do município.

A Defesa Civil foi acionada mais uma vez pelo vereador, o órgão está ciente das condições da residência e documentado toda a situação que comprova a condenação do imóvel para moradia.

O problema maior segundo o vereador é que, após esta condenação por parte da Defesa Civil municipal, nenhuma solução teria sido dada à família, que está sem saber a quem recorrer os moradores são humildes e necessitam da ajuda do município.

O vereador alertou a todos os seus pares que o município tem Lei Municipal que já trata de reforma em residências de taipa na zona urbana, certa Lei cobra soluções rápida por parte do município em reformar estas casas e devolvê-las prontas aos seus proprietários.

Outro fato que o Alfredo Moura alertou, é que a família já deveria estar usufruindo do aluguel social, um direito garantido para famílias em condições iguais as estas, mas que a Assistência Social do município, ainda não teria tomado relativas providências, deixando a cargo da família a locação de um imóvel, coisa que é atribuição do órgão que tem o papel também, de assegurar a total assistência a toda aquela pessoa ou família que buscam seus auxílios.

Diante do exposto pelo vereador, o mesmo alertou a todos os outros vereadores, incluindo o presidente da Câmara Municipal, sobre os riscos em que todos embaixo daquele teto estão correndo. E, que joga nas mãos do prefeito Pedro Ricardo Jatobá a responsabilidade, caso algo, venha a ocorrer com a família em questão.

Deixe seu comentário

Os comentários postados sobre esta matéria são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, não representando em nenhuma instância a opinião do site Via Alagoas ou de seus colaboradores e parceiros.