Segundo populares, vítima teria sofrido um ataque cardíaco; corpo estava debruçado sobre o volante

Perícia do IC faz os primeiros levantamentos em corpo dentro de carro
FOTO: DENIS MELO

Populares encontraram um homem morto dentro do próprio veículo no início da manhã desta segunda-feira (19), em uma calçada, às margens da Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins, em Maceió.

De acordo com informações repassadas à reportagem da TV Gazeta, que esteve no local, o condutor do carro Prisma, de cor prata e placa MVC-9423/Maceió-AL, identificado como Márcio Vasconcelos Rocha, 64 anos, estava debruçado sobre o volante. O carro estava parado em frente a uma concessionária de veículos.

Testemunhas relataram que a vítima deve ter sofrido um ataque cardíaco, ainda na madrugada, e não resistiu. Há relatos de que o motorista estaria seguindo para o Minipronto-socorro do Tabuleiro. Ele tentou ligar pedindo ajuda, já que havia duas ligações do celular dele para o irmão, mas não conseguiu falar com ninguém.

Familiares de Márcio estiveram no local, confirmando que a vítima era motorista de uma van de transporte de passageiros na parte alta da capital.

O corpo foi periciado pelo Instituto de Criminalística (IC) e recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML), para o exame de necropsia, que vai apontar a real causa do incidente. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas a equipe constatou o óbito.

A Polícia Militar (PM), acionada pelo vigilante da concessionária, esteve no local da ocorrência, para isolar a área e colher as primeiras informações acerca do fato. Agentes da Polícia Civil (PC) também foram acionados, para dar início às primeiras investigações que vão compor o inquérito.

Apesar do fato, o trânsito não ficou congestionado na região, já que o veículo encontrava-se estacionado na calçada. Apenas alguns condutores paravam para verificar o que ocorreu e, logo depois, seguiam viagem.

com Gazetaweb

Deixe seu comentário

Os comentários postados sobre esta matéria são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, não representando em nenhuma instância a opinião do site Via Alagoas ou de seus colaboradores e parceiros.