Um tremor de terra em alguns bairros da capital alagoana neste sábado, 03, deixouimóveis danificados e muitos moradores assustados.  A prefeitura de Maceió já acionou a Defesa Civil Nacional e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).

O engenheiro de minas, Paulo Cabral, explicou as possíveis causas do tremor de terra em entrevista ao jornalista Oscar de Melo, na Rádio Pajuçara FM Maceió. Segundo o especialista, entre as causas prováveis estão falhas geológicas de pequeno porte ou acomodação de grandes volumes de terra.

Cabral acredita que, apesar do susto e das rachaduras nas residências, o abalo sentido pelos moradores de  bairros como Pinheiro e Bebedouro deve ter sido de pequena magnitude.

“Se formos verificar um tremor desse, não seria nem classificado na escala Richter [que mede intensidade de abalos sísmicos]. Foram acomodações [de terra], e podem ser também devido a algumas falhas geológicas, imperceptíveis até no mapa”, explicou.

O especialista falou ainda que infiltrações provocadas pela chuva também podem ter colaborado para o fenômeno. Vale lembrar que este sábado amanheceu com chuva forte na Capital, com volume de água  seis vezes maior do que o esperado, segundo a Defesa Civil da capital. “Está chovendo desde dezembro de forma mais intensa, com eventos de deslizamentos e desmoronamentos de terra e muitas vezes trazem residências”, ressaltou Cabral.

*com TNH1

Deixe seu comentário

Os comentários postados sobre esta matéria são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, não representando em nenhuma instância a opinião do site Via Alagoas ou de seus colaboradores e parceiros.