Material dividiu a opinião de membros do partido por fazer mea-culpa devido a erros cometidos, mas não citar nenhum deles

com Notícias ao Minuto

Nesta quinta-feira (17), o PSDB exibe sua propaganda partidária em rede nacional. Com duração de dez minutos, o programa terá início às 20h no rádio e às 20h30 na televisão.

© Reprodução

O programa partidário irá divulgar as posições que a legenda pretende tomar para o futuro do Brasil. Também haverá espaço para o PSDB defender o parlamentarismo como regime ideal, exaltando as vantagens do modelo em contraposição aos defeitos do presidencialismo.

A propaganda divulgada pelo partido, no último dia 9, na internet, com o slogan “É hora de pensar no país”, gerou críticas e dividiu a opinião dos tucanos. O material faz um mea-culpa sobre erros cometidos, mas não cita quais.

“O PSDB errou e tem que fazer uma autocrítica. Não adianta pedir desculpas”, diz um dos trechos do vídeo, inspirado em um artigo escrito por Fernando Henrique Cardoso, em 2015.

“Parece que a propaganda foi feita por alguém do PT. Não faz sentido”, ataca um dirigente tucano, pedindo anonimato.

Já outro membro da sigla diz que “errado é o partido admitir erros enquanto nenhuma outra legenda adota a mesma prática”. “Nem o presidente do partido, Tasso Jereissati, foi capaz de apontar os erros da legenda”, completa. As informações da coluna Expresso, da Época.

“Perdemos a chance de apontar as soluções. Falar o que realmente importa para o país”, considerou outro representante do partido.

Curta a página do ViaAlagoas no Facebook, @VIAalagoas no Twitter e no Instagram. WhatsApp: (82) 99113.7446.

Deixe seu comentário

Os comentários postados sobre esta matéria são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, não representando em nenhuma instância a opinião do site Via Alagoas ou de seus colaboradores e parceiros.