Os capitães do Corpo de Bombeiros de Alagoas, Luiz Augusto e Jorge Luiz, que estão em Brumadinho (MG) ajudando no resgate de mortos e desaparecidos, realizaram buscas em uma pousada atingida pelo rompimento da barragem da Vale, nessa segunda-feira (28). Durante os trabalhos, um corpo foi encontrado na região.

Cortesia / Corpo de Bombeiros/AL

As buscas foram feitas em parceria com a equipe do canil do Espírito Santo, onde inicialmente havia a informação de que havia 35 pessoas desaparecidas. 

Cortesia / Corpo de Bombeiros/AL

Em relatório para o coronel André Madeiro, comandante da corporação em Alagoas, os bombeiros contaram que se apresentaram para o posto avançado, onde funciona a parte operacional da missão, na manhã da segunda. Esse posto está localizado dentro da mineradora Vale.

Ouça o relato do oficial Jorge Luiz:

O dia a dia de trabalho no campo e detalhes da operação

A operação atualmente é feita em diferentes frentes com várias equipes para cada um dos locais. As buscas geralmente se encerram por volta das 19h30, que é quando o pôr do sol acontece na região. Os trabalhos começam de manhã, por volta das 7h, quando as equipes recebem as designações de qual missão será cumprida no dia.

Cortesia / Corpo de Bombeiros/AL

O trabalho desempenhado no campo pelos alagoanos é de busca dos vítimas. “A gente faz a busca humana, caminhando no campo e fazendo sondagens, junto com a equipe de canil”, relata o capitão Jorge Luiz.

Cortesia / Corpo de Bombeiros/AL

Caso seja localizado algum corpo, eles fazem uma marcação no GPS e informam à base, que solicita a remoção desse corpo. O resgate é feito através de aeronaves de órgãos governamentais. Os traslados dos corpos são feitos para a base dos postos operacionais do posto avançado.

A Polícia Civil é a responsável por fazer a identificação e efetivar o registro do nome da vítima para ser contabilizado nas listas oficiais.

com TNH1