Estado encerrou mês de novembro com 103.968 contratos de TV por assinatura, segundo dados da agência reguladora

Reprodução

O serviço de TV por assinatura em Alagoas recuou 3,3% em doze meses – medidos entre os meses de novembro de 2017 e 2018 -, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em um ano, segundo o levantamento, o número de assinantes de TV paga recuou de 103.968 para 100.499 no Estado – uma queda de 3.469 contratos.

Em novembro do ano passado, as cinco unidades da federação com os maiores mercados de TV por assinatura no país eram o estado São Paulo, com 6,50 milhões de contratos (37,00%), Rio de Janeiro, com 2,37 milhões (13,50%), Minas Gerais, com 1,55 milhões (8,84%), Rio Grande do Sul, com 1,23 milhão (7,01%), e Paraná com 815,02 mil (4,64%). 

Todos eles tiveram redução no número de contratos ativos nos últimos 12 meses e na variação de novembro de 2018 com o mês anterior.

Segundo a Anatel, nove estados registraram crescimento no número de assinantes da TV paga entre novembro de 2018 e o mesmo mês do ano passado. Os três maiores percentuais ocorreram no Maranhão, aumento de 20,35 mil contratos ativos (+11,60%), no Amazonas, mais 11,69 mil (+3,97%), e no Tocantins, mais 1,51 mil (+3,52%). 

Entre outubro e novembro de 2018, o Maranhão, com mais 2,33 mil assinaturas (+1,20%), foi o único estado brasileiro a apresentar crescimento no serviço de TV por Assinatura.

com GAZETAWEB