Crédito: NUCOM/PRF/AL

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou entre os dias 01 e 04 de novembro a Operação Finados 2018. Com o objetivo de reduzir a gravidade de acidentes no trânsito e diminuir a criminalidade nas rodovias federais, o órgão promoveu reforço concentrado nas ações de policiamento e fiscalização, priorizando pontos e horários estratégicos onde ocorrem incidências de acidentes graves e criminalidade conforme apontam estatísticas da PRF.

Durante as fiscalizações foram utilizados o etilômetro (aparelho que verifica o teor alcoólico no organismo do condutor) e radares portáteis para evitar alcoolemia e excesso de velocidade, respectivamente. Os agentes também ficaram atentos a ultrapassagens indevidas, falta do uso do cinto de segurança e de cadeirinhas para crianças e inspecionaram as condições de conservação de veículos para prevenir acidentes letais.

A PRF fiscalizou 1.682 veículos e 1.641 pessoas, realizando 538 testes de alcoolemia, além disso, os radares registraram 130 imagens de flagrantes por excesso de velocidade. Durante o feriadão 510 condutores foram autuados, desse total 40 por ultrapassagens, 29 por falta do uso de capacete, 7 por não utilizar o cinto de segurança e 5 por alcoolemia, havendo a prisão de um condutor em União dos Palmares.

PUBLICIDADE

Foram registrados também quatro acidentes durante o feriado prolongado, resultando em três pessoas feridas e uma vítima fatal. Esses números representam uma queda de 64% em número de acidentes e 50% no número de mortes comparado ao feriado de Finados do ano passado, que teve 11 ocorrências em 4 dias de operação.

Como nas últimas operações, ações educativas também foram adotadas para conscientizar motoristas de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. O Cinema Rodoviário alcançou 779 pessoas e teve foco nas fiscalizações de excesso de velocidade, alcoolemia ao volante, ultrapassagens proibidas envolvendo motocicletas ou ciclomotores e também alertou sobre a importância do uso de aparelhos de segurança adequados para todos.

com NUCOM/PRF/AL