Caminhão da Eletrobras envolvido no acidente / Foto: cortesia ao TNH1

Dois passageiros de um ônibus da Real Alagoas, da linha Benedito Bentes/Trapiche, ficaram feridos em um acidente envolvendo um caminhão da Eletrobras com guindaste, o coletivo e um caminhão baú, na Avenida Juca Sampaio, no bairro do Barro Duro, em Maceió, na manhã desta sexta-feira (8).

Acidente deixou dois passageiros feridos (Crédito: Cortesia ao TNH1)

Inicialmente, o TNH1 foi informado que se tratava de uma colisão, mas um funcionário da Real Alagoas e testemunhas informaram que o guindaste bateu no caminhão baú e, com o impacto, voltou em direção à traseira do ônibus.

O baú foi danificado e rompido, enquanto a parte de vidro da traseira do ônibus quebrou-se por completo, ferindo os passageiros. Testemunhas afirmam que o guindaste rodou porque o caminhão da Eletrobras freou para parar no semáforo.

A assessoria de comunicação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou que um dos passageiros socorridos estava com forte sangramento e seu estado é considerado grave. Ele e o outro ferido foram conduzidos ao Hospital Geral do Estado (HGE).

O trânsito ficou lento, mas já foi controlado por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

A Eletrobras foi procurada pelo TNH1 e informou que ainda não sabe o motivo por que parte do guindaste se soltou. Técnicos da empresa estão no local para apurar o que ocorreu.

De acordo com o boletim médico do HGE, uma das vítimas, identificada como Marco Polo de Melo Burta, 37 anos, foi submetido à tomografia, com trauma na região do crânio, mas está consciente e orientado. Ele está na área vermelha para fazer uma sutura (pontos) e em observação com quadro de saúde estável.

A outra vítima é Auxiliadora Oliveira dos Santos, 25 anos, também submetida à tomografia devido à lesão na região do crânio. Ela está em observação na área vermelha, estável. Reinaldo da Silva Júnior, 23, foi atendido, mas sem lesões graves, apenas com leves dores e já recebeu alta.

com TNH1

Deixe seu comentário

Os comentários postados sobre esta matéria são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, não representando em nenhuma instância a opinião do site Via Alagoas ou de seus colaboradores e parceiros.